segunda-feira, agosto 30, 2004

Yes!

Recebemos o primeiro email... Até que enfim que alguém se chegou à frente!
A propósito, e para aqueles que se assustaram com as caipiroskas (que são facílimas de fazer, by the way!), temos outro gosto em comum: crepes! Adoramos esta iguaria... uma gostam com doces, outras com gelado e chantilly e chocolate quente... Portanto, meninos (e homens, para fazer a vontade à Afrodite!), mais uma dica: crepes... nham!

domingo, agosto 29, 2004

Inscrições

As inscrições deveriam ser feitas para o email que indicámos em baixo e não para os emails privados... mas pronto... como nós somos boas raparigas (mesmo!) vamos aceitar as que já foram efectuadas.
E não se inibam... ok?

quinta-feira, agosto 26, 2004

Então?

O que se passa? Ainda não recebemos um único email, uma única inscrição. Não há rapazes nem homens capazes de fazer uma simples caipiroska? Onde está o vosso espírito de iniciativa, a capacidade para arriscar? Será que temos de vos dar os ingredientes para começarem?
Continuamos a aguardar... ansiosamente. : )

quarta-feira, agosto 25, 2004

Mais caipiroskas

Inscrições abertas a rapazes e a homens! Sim, porque há por aí muitos homens que por serem mais velhos não se incluem no grupo dos rapazes... ; )

Caipiroskas

São elas que nos unem!

Estão desde já abertas as inscrições para rapazes que saibam fazer caipiroskas deliciosas.
Por favor enviem as vossas propostas para encalhadas@gmail.com.

Tudo o que sempre quis saber sobre a Ísis

(já só faltava eu!)

Sim
sol. calor. mar. passeios na praia. manhãs frias e cheias de sol no inverno. cachecois. chapéus. sapatos. vodka.caipiroskas. água sem gás fresca. dançar uma noite inteira. salsa. sons latinos. Paris. crepes. falar françês. viajar. passear pelo Porto. andar Kms. conversar durante horas a fio. livros. ler. blogs. amigos. ajudar. cães. familia. cozinhar. comida italiana. mousse de chocolate. arroz grego. ir às compras e voltar cheia de sacos. cinema. ouvir música. maria rita. hip-hop. rachmaninoff. colo. amarelo.

Não
chuva. cinzento. super-saldos. gente mesquinha. faltas de educação. falsos amigos. injustiças. traições. não ter visitado toda a Itália. vinagre. cerveja. café. diplomacia. gente pouco civilizada ao volante. filas de trânsito. semáforos. olhares reprovadores. toques de telemóvel estupidos. ficar à espera. desarrumações. não ter o que fazer. ter que estar calada. dúvidas. ter perdido a pessoa que me fazia feliz.

Vá lá Ísis, já só faltas tu!
; )

vénus - os sins e os nãos

Seguindo a ideia da afrodite...

Sim

Marisco. Verão. Pintar. Ler. Esplanadas. Mar. Praia. Sintra. Lisboa. Chiado. Bairro Alto. Porto. Passar a tarde estendida numa rede. Noites com amigos. Fazer jantares para os amigos, em minha casa. Caipiroskas. 7up com groselha. Chill out. Nitin Sawhney. Recordações. Andar de comboio e aproveitar essas viagens para ler e para dormir. Escrever. Thrillers. Poesia. Conversas inteligentes. Pastéis de Belém e travesseiros da Piriquita. Tróia. Avencas. Barcelona. O meu amigo João. As minhas amigas Afrodite e Ísis. Os quadros que tenho nas paredes. Felinos. Aranhas. Blogs. Saudades. Roupa colorida. Fazer o que gosto. A noite. Saramago. José Luís Peixoto. Inês Pedrosa. Jacinto Lucas Pires. Pedro Paixão. Acordar ao lado da pessoa que amo.

Não

Favas. Pessoas fúteis. Bush. Algarve. Pseudo-vips portugueses. Louras platinadas. Barulho de berbequins quando quero dormir às 9h. Não poder ter todo o tempo que quero para mim. Não ter todos os meus amigos por perto. O meu avô doente. Livros medíocres. Pastilhas elásticas de melão. Batidos "do pacote". Pipocas em salas de cinema. Os preços dos livros, dos cd's e dos bilhetes de cinema. Não ter viajado mais. Ainda não ter ido a Londres nem a Nova Iorque. Não ter ido a Jerusálem. Ser céptica. Saber que não vou viver para sempre. A vizinha de baixo a gritar pelo filho Telmo durante meia hora, sempre entre a meia-noite e as duas da manhã. Chuva. Chás de ervas manhosas. Descafeínados. Bolos secos. Chilli. Ter perdido a pessoa que me fez mais feliz.

segunda-feira, agosto 23, 2004

Um post em jeito de apresentação

Sim

acordar cedo mesmo quando estou de férias. comer sem horários fixos (mesmo que não seja muito saudável). pastelarias. viajar de comboio. fotografar. livros e livrarias. ouvir o amolador de tesouras aos sábados de manhã quando ainda estou meio a dormir. ficar acordada até tarde. receber os amigos em casa. conversar. desporto. Benfica. deitar-me no patamar da casa da minha avó e conseguir ver a Via Láctea. cinema. ir sozinha ao cinema. caipiroscas. motas. ter vinte e seis anos. sentir-me (quase) realizada profissionalmente. ameixas. ler os jornais na cama antes de dormir. jazz. Parque das Nações. Sintra. concertos ao vivo. simplicidade. honestidade. palmiers, croissants e crepes. pessoas (e Pessoa). João de Melo. Saramago. revista Visão. chá. ice-tea de limão. Adriana Calcanhoto. Maria Rita. dançar. ler (alguns) blogs. ouvir. dar a mão. abraçar.


Não

frio. chuva. mar demasiado calmo. extravagâncias. dias sem agitação. estar muito tempo no mesmo sítio. carros. café. favas. iogurtes de banana. amarelo. gritos. Florbela Espanca. colares. centros comerciais. egocentrismo. computadores. acampar. Algarve. cerveja. caipirinhas. pessoas frias. stress. injustiças. esperar. chegar atrasada. bares onde não se consegue conversar. os dias sem os telefonemas dos amigos. desarrumações. histórias mal contadas. o sofrimento dos outros. verdades escondidas. politiquices. falta de objectivos. indecisões.

sábado, agosto 21, 2004

Razões

Este blog pode parecer uma coisa um bocado estranha, mas não é. Ou, pelo menos, não é essa a ideia. Acontece que, em alegre deambulação pela blogosfera nacional, deparámo-nos com um monte de blogs de engate. Todos de homens, todos dissimulados, todos com o discurso do "ai de mim, que ninguém me ama, sou um triste abandonado por tudo o que é mulher, blá, blá, blá". Para já, somos claramente contra este tipo de discurso. Depois, achámos que talvez não fosse muito má ideia. Um blog de engate, mas assumido. Não há cá choradinhos nem lamechices, nem poemas a puxar à lágrima fácil. Também não há receitas - não acreditamos muito naquela coisa de que "os homens se conquistam pelo estômago". O que é que há? Três mulheres entre os 25 e os 30 (muito mais perto dos 25!), cheias de garra, com vidas profissionais absorventes e que, por uma ou outra razão, ainda não encontraram os homens das suas vidas. É bem provável que não os encontremos aqui, mas sempre nos divertimos, não é?

quinta-feira, agosto 19, 2004

As encalhadas (continuação)

É verdade, somos três. Ainda só cá estamos nós as duas porque a Ísis está de férias. Quando voltar também ela se apresenta.

As Encalhadas

Cá estamos. Três raparigas giras, inteligentes, cultas, cheias de charme, mas com um enorme azar no amor. Se isto resultou com o Encalhado, pode ser que resulte connosco. Bem-vindos ao blog d'As Encalhadas...
O que queremos? Nada de engates baratos, nem de palhaçadas. Queremos partilhar convosco as mágoas de quem ainda não encontrou O Amor. E as alegrias de quem, estando sozinha, vive muito bem com isso. Portanto, preparem-se: nós as três, juntas, somos pólvora...